sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Darjeeling

Tudo na Índia tem muito valor para os indianos. Eles realmente amam seu país.

Passei um fim de semana em Darjeeling, uma cidade no estado de West Bengal (o mesmo estado de Kolkata), que os indianos chamam de "Paraíso de West Bengal". Não chamaria de paraíso, mas realmente é um lugar maravilhoso.

De Kolkata para Darjeeling primeiramente pegamos um trem até New Jalpaiguri, uma estação de trem em Siliguri. Essa cidade somente é uma conexão para se chegar em Darjeeling.
Detalhe: No nosso caso tivemos o trem parou por umas poucas horas antes do nosso destino devido a forte neblina.





Foi minha primeira viagem de trem de longa duração na Índia. Não achei nada mal.

De New Jalpaiguri até Darjeeling é necessário alugar um TATA Sumo (nada mais é do que um utilitário 4x4 bastante comum na India). Há dois caminhos para se chegar em Darjeeling. O mais rápido, que é pela estrada principal, estava interditado devido a um terremoto que ocorreu meses atrás. Assim, fomos pelo caminho mais demorado (5 horas de viagem). Mas a paisagem era linda, as ruas absolutamente perigosas ficavam muito próximas dos penhascos, permitindo que pudéssemos apreciar uma vista incrível!

Vista do caminho de New Jalpaiguri até Darjeeling.

Chegamos em Darjeeling por volta de 17:00 e como na Índia anoitece muito mais cedo do que no Brasil o sol estava se pondo.
Darjeeling

Estava muito frio em Darjeeling, já que estava anoitecendo e a cidade fica no topo das montanhas.  Portanto precisávamos achar um lugar para comer e para dormir também.

Comemos primeiramente "momos", já que Darjeeling é famosa por essa comida.

Gostoso, mas nada de espetacular. Uma massa bem macia e sem gosto com recheio de legumes ou frango.

Encontramos um hotel com preço razoável, água quente e cobertores.

O dia seguinte foi bem movimentado. Acordamos as 3 e meia da manhã para ver o sol nascer de um ponto chamado Tiger Hill. De lá é possível ver o Himalaia.
Ver o nascer do sol e as montanhas sendo iluminadas pelo sol, no comecinho da manhã e naquele frio absurdo foi realmente indescritível. Vou deixar só algumas fotos para se ter uma ideia de como foi.



A vista era fraca né.

Depois fomos ver o templo japonês e o Peace Pagoda, que também foi incrível.
Peace Pagoda é um monumento budista com o objetivo de concentrar todos os povos, de todas os credos, a se unirem na busca pela paz mundial. Há lugares como esse espalhados pelo mundo todo. E como em Darjeeling há um fomos lá conferir.




Ainda fomos visitar alguns lugares, como centro de história natural e as plantações de chá.

Para voltar pegamos um ônibus, que inicialmente estava programado para uma viagem de 12 horas. Mas devido a estrada ruim e o transito demorou 28 horas!! Portanto não recomendo a ninguém usar ônibus na Índia.

No final das contas valeu muito a pena a viagem. Mas o ideal seriam mais dias, para poder visitar lugares como Mirik e Sikkim.